terça-feira, 26 de fevereiro de 2019

AGORA, TABOCAS EM SÃO PAULO! cabenet sauvignon em madeira de jequitibá rosa! Tabocas madeira e tabocas safra 2017

AGORA, TABOCAS EM SÃO PAULO!

O único vinho fino capixaba, Tabocas Vin de Garage, ultrapassou as fronteiras do Espírito Santo, até mesmo sendo apreciado em outros países, e além de comprar no Rio de Janeiro, agora você o encontra em São Paulo, na Adega Santé do empresário e sommelier Edgar Callegari Bertholo @edgarbertholo 
A Adega Santé tem o propósito de um comércio regional, mas com as vantagens e facilidades de uma loja virtual. Informações (14) 98149-3313, email edgarbertholo@gmail.com 


quinta-feira, 24 de janeiro de 2019

Ficha Técnica Tabocas Madeira Cabernet Sauvignon safra 2016 - Santa Teresa - Espirito Santo - Brasil


FICHA TÉCNICA
TABOCAS
2016




Varietal:
 100 % Cabernet Sauvignon
Acidez Total:
5,18 g / L
Álcool:
14 %
PH:
4,06
Açúcar Residual:
˂ 3,06 g / L
Malolática:
Completa



Descrição

As uvas para a elaboração do vinho Tabocas Cabernet Sauvignon provêm de uma cuidadosa seleção de um único lote dos vinhedos localizados no Vale do Tabocas – Santa Teresa – E.S .
Uvas com cachos pequenos, menos de 65 gramas em média e bagas pequenas.
 Este vinhedo cultiva - se em forma manual, de modo que produzam rendimentos muito baixos: apenas 1,50 kg por planta.
Colheita manual e 100 % de vinhedos próprios.
Processo: Natural sem filtragem e sem correção com açúcar  
Densidade de plantas por hectare : 5000 (alta)
Condução em espaldeira, tipo cordão esporonado e uso da técnica da dupla poda.
Rendimento volume vinho sobre peso uva : 59%.
Cabernet Sauvignon (100%)  - clones: 78 % Rauscedo R5, entav 15,5% C.S 169 e 6,5% C.S 685
As uvas se micro-fermentam em dornas de aço inox com volumes de 1672 Kilos cada, e depois o vinho é envelhecido em tanques inox fechados, sem estagio em barricas de carvalho.
Alta concentração de polifenóis com ênfase no resveratrol !!
Estagio em Dornas novas da madeira de jequitibá rosa de origem amazônica, período de 11 meses.  Mais 4 meses na garrafa.
 Este vinho elabora-se em quantidades muito pequenas, apenas 1200 garrafas devidamente numeradas individualmente. 

Notas de Degustação


   
Visual: Rubi com alta intensidade, tinto retinto, velado;

Olfativo: Intenso e marcante, com aromas balsâmicos, tabaco, especiarias, canela, ervas doces, açaí e café ;
Deixa um aroma persistente e agradável durante e após sua degustação;

Gustativo: Complexo e poderoso; com variações de sabor; persistente, com leve doçura, provocada e equilibrada pelos taninos maduros que incorporam peso e personalidade, mas é educado e confere equilíbrio à degustação e apresenta final longo.
Pronto para beber!


Vinificação

Desengace. Seleção manual de cachos. Fermentação em pequenos tanques de aço inoxidável.

Uso de leveduras selecionadas!

Gestão manual do chapéu (método Frances: PIGEAGE) para uma extração suave e gentil de taninos; a fermentação alcoólica e maloláctica deixa uma considerável quantidade de borras e sedimentos no tanque inox.

Fermentação: em dornas verticais abertos de 2000 litros, apenas 1672 kg em cada tanque, com afundamento mecânico do chapéu.

Nossos vinhos não são filtrados, de forma a preservar ao máximo as características naturais.

   Não sofre quaisquer adição de açúcar (chaptalização do mosto) , concentração de forma não natural ou álcool vínico .

  Vemos o depósito em garrafa não só como um charme ritual, mas como evidência do processo de elaboração com mínima intervenção.

  Aceitar tais condições é indispensável para apreciar nossos vinhos, e compartilhar nossa proposta de uma vinicultura não intervencionista.

Envelhecimento: Estagio em Dornas novas da madeira de jequitibá rosa de origem amazônica, período de 11 meses. 
Mais 4 meses na garrafa

Safra 2016

A colheita do ano de 2016 mostra um altíssimo nível de concentração e complexidade. As condições climáticas foram excepcionalmente quentes e secas. Baixa precipitação em todo o período vegetativo.

 Isto fez que a maturação fisiológica dos açúcares acelerasse a maturação fenólica, mas que devido as baixas temperaturas noturnas, e noites longas, não se reduzisse a dos polifenóis, resultado em vinho mais encorpado e com alta intensidade em cor.

 A primeira dezena de junho houve algumas precipitações e baixa temperatura, o que sincronizou  os processos fisiológicos e fenólicos de maturação. Foram três meses que anteciparam a colheita muito  quente e com minimas recordes de até 8ºc , consolidando amplitudes diária de até 22ºc.

A colheita foi realizada em 30 de Agosto de 2016.

 As uvas  foram colhidas em excelentes condições sanitárias, com leve apassivamento 25,6º brix e um excepcional nível de sanidade, concentração, uniformidade e complexidade.

Vinhedo

Vinhedo área I, Altitude: 595,67 metros ; Latitude: 19° 54,721’ e Longitude: 40° 41,643’
Solo do tipo: Latossolo podzolico vermelho amarelo franco areno - argiloso.  Granulometria: 26,6% de areia grossa, 9,6% de areia fina, 36,2% de areia total, 23,8% de silte e 40% de argila.

Condução e manejo sobre forma convencional.



Harmonização

Carnes vermelhas cozidas ou grelhadas, picanha gorda no braseiro, queijos curados (canastra ou mantiqueira), pasta com molho de queijos (gorgonzola e curados), risoto de porcini secchi com filé de ervas finas.

Perfeito para acompanhar carnes vermelhas com especiarias, massas e queijos de sabor forte.

Ex: Sugestão : Medalhão de filet mignon, entrecôte grelhado, boeuf bourguignon (molhos ligeiramente adocicados) e queijo gorgonzola.

Serviço

Servir entre 17 e 20 ºC. Este vinho pode apresentar alguma precipitação de cristais devidos sua estabilização natural sem filtração.

 Para uma melhor apreciação, aconselha-se decantá-lo por 2 horas antes de servir.

Potencial de Guarda : 30 anos




Ficha Técnica Tabocas Cabernet Sauvignon safra 2017 - Santa Teresa - Espirito Santo - Brasil


FICHA TÉCNICA
TABOCAS
2017




Varietal:
 100 % Cabernet Sauvignon
Acidez Total:
5,85 g / L
Álcool:
13 %
PH:
3,79
Açúcar Residual:
4 g / L
Malolática:
Completa



Descrição

As uvas para a elaboração do vinho Tabocas Cabernet Sauvignon provêm de uma cuidadosa seleção de um único lote dos vinhedos localizados no Vale do Tabocas – Santa Teresa – E.S .
Uvas com cachos pequenos, menos de 65 gramas em média e bagas pequenas.
 Este vinhedo cultiva - se em forma manual, de modo que produzam rendimentos muito baixos: apenas 1,50 kg por planta.
Colheita manual e 100 % de vinhedos próprios.
Densidade de plantas por hectare : 5000 (alta)
Condução em espaldeira, tipo cordão esporonado e uso da técnica da dupla poda.
Rendimento volume vinho sobre peso uva : 59%.
Cabernet Sauvignon (100%)  - clones: 78 % Rauscedo R5, entav 15,5% C.S 169 e 6,5% C.S 685
As uvas se micro-fermentam em dornas de aço inox com volumes de 1672 Kilos cada, e depois o vinho é envelhecido em tanques inox fechados, sem estagio em barricas de carvalho.
100 % mosto flor (vinho não passa por prensa) 
Alta concentração de polifenóis com ênfase no resveratrol !!
 Este vinho elabora-se em quantidades muito pequenas, apenas 2120 garrafas. 

Notas de Degustação


  Perfil: Rubi com reflexos violáceos, alta intensidade e nitidez
  Olfativo: Aroma complexo com notas de frutas negras como ameixa, groselha, framboesa e cereja. Notas de pimentão vermelho e tabaco

  Gustativo: Ataque doce, acidez média, alta estrutura, taninos marcantes e boa persistência.

   

Vinificação

Desengace. Seleção manual de cachos. Fermentação em pequenos tanques de aço inoxidável.

Uso de leveduras selecionadas.

Gestão manual do chapéu (método Frances: PIGEAGE) para uma extração suave e gentil de taninos; a fermentação alcoólica e maloláctica deixa uma considerável quantidade de borras e sedimentos no tanque inox.

Fermentação: em dornas verticais abertos de 2000 litros, apenas 1672 kg em cada tanque, com afundamento mecânico do chapéu.

Nossos vinhos não são filtrados, de forma a preservar ao máximo as características naturais.

   Não sofre quaisquer adição de açúcar (chaptalização do mosto) , concentração de forma não natural ou álcool vínico .

  Vemos o depósito em garrafa não só como um charme ritual, mas como evidência do processo de elaboração com mínima intervenção.

  Aceitar tais condições é indispensável para apreciar nossos vinhos, e compartilhar nossa proposta de uma vinicultura não intervencionista.

Envelhecimento: 09 meses em tanques de aço inox , sendo que o engarrafamento foi realizado no dia 19/09/2018.

Safra 2017

A colheita do ano de 2017 mostra um altíssimo nível de concentração e complexidade. As condições climáticas foram excepcionalmente frias e úmidas. Baixa precipitação em todo o período vegetativo.

Safra  excepcionalmente fria permitiu uma maior concentração e complexidade aromática.

A colheita foi realizada em 29 de Agosto de 2017.

 As uvas  foram colhidas em excelentes condições sanitárias, com leve apassivamento 23,2º brix e um excepcional nível de sanidade, concentração, uniformidade e complexidade.

Vinhedo

Vinhedo área I, Altitude: 595,67 metros ; Latitude: 19° 54,721’ e Longitude: 40° 41,643’
Solo do tipo: Latossolo podzolico vermelho amarelo franco areno - argiloso.  Granulometria: 26,6% de areia grossa, 9,6% de areia fina, 36,2% de areia total, 23,8% de silte e 40% de argila.

Condução e manejo sobre forma convencional.



Harmonização

Carnes vermelhas cozidas ou grelhadas, picanha gorda no braseiro, queijos curados (canastra ou mantiqueira), pasta com molho de queijos (gorgonzola e curados), rizoto de porcini secchi com filé de ervas finas.

Ex: Sugestão : Medalhão de filet mignon, entrecôte grelhado, boeuf bourguignon (molhos ligeiramente adocicados) e queijo gorgonzola.

Serviço

Servir entre 17 e 20 ºC. Este vinho pode apresentar alguma precipitação de cristais devidos sua estabilização natural sem filtração.

 Para uma melhor apreciação, aconselha-se decantá-lo uma hora antes de servir.

Potencial de Guarda : 30 anos




domingo, 6 de janeiro de 2019

Garimpeiros do vinho - Indicação Tabocas Cabernet Sauvignon - Santa Teresa - ES

Garimpeiros do Vinho - Tudo sobre o vinho brasileiro.


Por Daniel Agrela e Eduardo Villela (Viticultura e Enologia IFSP)
Indicação do Vinho Tabocas Cabernet Sauvignon Safra 2016 !!!




quarta-feira, 27 de junho de 2018

Ficha Técnica Tabocas cabernet sauvignon OAK safra 2015 - Santa Teresa - E.S - Vins de Garage - Brasil


FICHA TÉCNICA
TABOCAS
OAK
2015


Varietal:
 100 % Cabernet Sauvignon
Acidez Total:
7,87 g / L
Álcool:
13 %
PH:
3,55
Açúcar Residual:
˂ 1,80 g / L













Descrição

As uvas para a elaboração do vinho provêm de uma cuidadosa seleção de um único lote dos vinhedos localizados no Vale do Tabocas – Santa Teresa – E.S .
Uvas com cachos pequenos, menos de 65 gramas em média e bagas pequenas.
 Este vinhedo cultiva - se em forma manual, de modo que produzam rendimentos muito baixos: apenas 1,6 kg por planta ou 8000 kg por hectare.
Técnica da dupla poda ou ciclo invertido, invertendo a produção para o inverno, colheita em 25 de agosto.
Altitude do vinhedo: 595,67 metros acima do mar. Temperatura Mínima mês da colheita: 11,5ºc e Temperatura Máxima do mês da colheita: 30ºc .
Densidade de plantas por hectare : 5000 (alta) (1 metro entre plantas e 2 de entre fileiras)
Condução em espaldeira do tipo cordão esporonado.
Colheita manual e 100 % de vinhedos próprios.
Cabernet Sauvignon (100%)  - clones: 94,2 % Rauscedo R5 e  5,8 % ENTAV INRA  685
As uvas se micro-fermentam em tanques de aço inox com volumes de 1000 litros cada, e depois o vinho é envelhecido em barricas de carvalho francês por 17 meses.
- Sem colagem e com filtração grossa (peneira de 5 micra).
Alta concentração de polifenóis com ênfase no resveratrol !!
 Este vinho elabora-se em quantidades muito pequenas, apenas 600 garrafas devidamente numeradas e safradas individualmente. 

Notas de Degustação por Rogerio Dadeau

Cor: apresenta uma cor rubi límpida e brilhante, com boa translucidez;
Aromas: exibe aromas de frutas escuras, como as ameixas, em compota, além de especiarias, como noz moscada, notas leves de tabaco e vegetais;
Paladar: envolvente, macio, quase aveludado, com taninos presentes, mas totalmente domesticados, e muito boa persistência. 
O Tabocas Madeira CS 2015 (carvalho francês) mantém o perfil estruturado do nome Tabocas CS.
Todavia, traduz em grande elegância a robustez da casta Cabernet Sauvignon de dupla poda, do Vale do Tabocas, em Santa Teresa, ES.

Vinificação

Desengace. Seleção manual de cachos. Fermentação em pequenos tanques de aço inoxidável.
Gestão manual do chapéu (método Frances: PIGEAGE) para uma extração suave e gentil de taninos; a fermentação alcoólica  deixa uma considerável quantidade de borras e sedimentos no tanque inox.
Fermentação: em barris verticais abertos de 2000 litros, apenas 1000 kg em cada tanque, com afundamento mecânico do chapéu.
Nossos vinhos não são filtrados, de forma a preservar ao máximo as características naturais.

Prensagem em prensa tipo torchio, onde a totalidade do vinho prensa foi adicionada ao vinho flor;

   Não sofre quaisquer adição de açúcar (chaptalização do mosto) , concentração de forma não natural ou álcool vínico .

  Vemos o depósito em garrafa não só como um charme ritual, mas como evidência do processo de elaboração com mínima intervenção.

  Aceitar tais condições é indispensável para apreciar nossos vinhos, e compartilhar nossa proposta de uma vinicultura não intervencionista.

Envelhecimento:  17 meses em carvalho francês.

Safra 2015

A colheita do ano de 2015 mostra um bom nível de concentração. As condições climáticas foram excepcionalmente secas. Baixa precipitação em todo o período vegetativo.
 Isto fez que a maturação fisiológica dos açúcares acelerara-se a maturação fenólica, mas que se reduzisse a dos polifenóis .
  Nos meses de junho, julho e agosto foram meses muito quentes e secos, o que antecipou  os processos fisiológicos e fenólicos de maturação, permitindo assim aromas mais frutados nesta safra, mas a baixa precipitação, não permitiu uma melhor evolução glucométrica (teor de açúcar) da uva (dada uma ausência de irrigação nesse período) .  
A colheita foi realizada em 25 de Agosto.
 As uvas  foram colhidas em excelentes condições sanitárias, com um excepcional nível de concentração, uniformidade e complexidade.

Vinhedo

Vinhedo área I, Altitude: 595,67 metros ; Latitude: 19° 54,721’ e Longitude: 40° 41,643’
Solo do tipo: Latossolo podzolico vermelho amarelo franco areno argiloso.  Granulometria: 26,6% de areia grossa, 9,6% de areia fina, 36,2% de areia total, 23,8% de silte e 40% de argila.
Clima: Tropical de altitude CWA com inverno seco bem definido.

Harmonização

Perfeito para acompanhar carnes vermelhas com especiarias, massas e queijos de sabor forte.

Serviço

Servir entre 17 e 20 ºC. Este vinho pode apresentar alguma precipitação de cristais devidos sua estabilização natural sem filtração. Para uma melhor apreciação, aconselha-se decantá-lo uma hora antes de servir. Esse tempo irá maximizar seu Bouquet.
Potencial de Guarda : 15 anos

quarta-feira, 4 de abril de 2018

Homenagem da Assembleia Legislativa do Espirito Santo a Vinícola Tabocas !

Homenagem da Assembleia Legislativa do Estado do Espirito Santo , pelo feito da inserção do Espirito Santo no seleto grupo de produtores de vinho finos do cenário nacional, a Vinícola Tabocas e na pessoa de seus proprietários.



domingo, 1 de abril de 2018

Onde encontrar: Tabocas Cabernet Sauvignon safra 2016

Onde Encontrar:

Vitória: - Entreposto Cachaça Santa Terezinha (hortomercado) - Praia do Sua; 
Zanata Wine - Mata da Praia - Próximo Supermercado Perim

Santa Teresa:

- Galeria de Artesanato APROAST
- Santa Sfiha;
- Pousada Pietrobelli;
 - Restaurante Aretê;
- Restaurante osteria alla botte;
- Restaurante Fabricio;
- Restaurante Cantina Italiana;
- Restaurante Destilaria;
- Restaurante Tramonto;
- Restaurante La Taberneta;
- Restaurante Flamel;
- Bar Elite;
- Restaurante Café Haus;
- Vinícolas: Romanha, Mattiello, Rasselle, Ziviani e Braun;
- Claids Biscoitos;
- Casa dei Liquori.

Rio de Janeiro:

- Sul Rio Representações e Vinum Rio.


Hotéis e pousadas Santa Teresa - E.S :